Casal se ajudando
Voltar

6 dicas para trabalhar em casal

Trabalhar em casal nem sempre é fácil, então você deve definir regras básicas e claras para misturar os negócios com a felicidade de vocês. Mesmo o mais feliz dos casais nem sempre concorda em tudo, o que pode ser particularmente verdadeiro quando se trata de dinheiro e negócios. As dicas a seguir podem ajudar a criar uma relação de trabalho mais harmoniosa com seu cônjuge - e pode até ajudar a criar um casamento mais forte também.

Seja legal com seu parceiro

Trate seu cônjuge com o mesmo - ou até mais alto - nível de cortesia e respeito que trataria qualquer outra pessoa com quem você trabalha. Seja flexível em suas idéias e maneiras, e espere se comprometer mais do que faria com um colega de trabalho comum.

Ouça o seu parceiro

Evite discussões com esta pequena dica. Mesmo se você discordar da ideia, sempre deixe seu parceiro terminar de expressar o pensamento. Se você o interromper ou for rápido em criticar, é provável que comece uma discussão aos gritos.

Entenda o estilo de trabalho do seu parceiro

Um fator que contribui para a criação de conflito pode ser a diferença em como os parceiros tomam decisões na empresa. Um dos sócios pode ser mais guiado por fatos do que pelo lado emocional que muitas vezes precisam ser considerados nas decisões de empresas familiares. Um de vocês pode ser bom em resolver problemas. O outro pode ser menos propenso a se comprometer ou ceder a soluções diferentes. Apesar de sua discordância, tente entender o ponto de vista e as preocupações de seu parceiro.

Ajude seu parceiro

De acordo com Azriela Jaffe, autora de "Permission to Prosper: What Working Wives Crave from Their Husbands--And How to Get It", os casais têm maior probabilidade de sucesso quando um dos cônjuges simplesmente ajuda o outro, invés de quando as funções nos negócios são iguais.

Definir horário livre da empresa

É impossível “Deixe no escritório” quando sua casa é seu escritório. Mas você ainda precisa passar um tempo gostando de ser um casal. É importante lembrar que vocês estão juntos por muitos motivos - não apenas por uma empresa. Estabeleça regras como “nada de falar de negócios no jantar” ou agende um encontro noturno semanal com seu parceiro. E se o seu negócio for em sua casa, considere alugar um espaço de escritório para diferenciar sua vida profissional e pessoal.

Quando não trabalhar com seu cônjuge

Se o seu casamento já está difícil, trabalhar junto é como ter um filho na tentativa de renovar o casamento: não dá certo e você acaba com ainda mais complicações e motivos para discordar do que antes.

Além disso, se você já está lutando com a empresa, trazer seu marido ou esposa para salvar o dia não é uma boa ideia. Esse movimento pressiona o cônjuge a resolver problemas que você não conseguiu. Se o seu parceiro os resolver, você pode até ficar ressentido porque ele teve sucesso em algo que você não conseguiu realizar. Por outro lado, se seu cônjuge não conseguir resolver o problema, você pode colocar a culpa em outro lugar pela bagunça que criou.

Só comece uma empresa com seu parceiro porque você planejou fazer e ambos desejam trabalhar juntos. Se precisar de alguém para ajudá-lo a salvar seu negócio, contrate um consultor de negócios ou encontre um mentor. Deixe seu parceiro ajudar em outras áreas que não envolvam seus negócios.

Seja o primeiro a saber!

Quer receber nossos posts? Deixe seu email abaixo e fique por dentro de tudo!

Navegue pelas categorias: empreendedorismo

Pronto para começar? Vamos fazer uma cotação!

Na Luna, simplificamos o processo de compra do seguro empresarial para que você tenha a cobertura que precisa, de forma rápida e fácil!