Motos de 50 cc
Voltar

Motos 50 Cilindradas: TUDO o que você precisa saber antes de comprar a sua!

As motos de 50 cilindradas (também conhecidas como motos de 50cc ou ciquentinhas) ganharam fama nas décadas de 1970 e 1980 e, ainda hoje, despertam o interesse de quem quer ter um veículo de duas rodas que seja prático e até mesmo econômico.

Mas também despertam muitas dúvidas, ligadas a diversos fatores.

E foi pensando em solucionar todas elas, de modo a te ajudar a se decidir sobre ter ou não uma moto 50 cc, que criamos este guia. Nele você descobrirá, entre outras coisas:

  • Do que realmente se trata uma moto 50 cc;
  • Qual o tipo de habilitação obrigatório para conduzir esse modelo;
  • O que contempla a regularização de uma moto 50 cc;
  • Qual a faixa de preço para a compra desse veículo;
  • Se existe, ou não, seguro que o cobre.

Vamos lá?

Boa leitura!

As motos de 50 cc não são necessariamente motocicletas

O primeiro ponto a ser abordado nesse guia diz respeito à nomenclatura desse veículo, ao qual nos referimos como sendo uma moto.

No decorre do conteúdo continuaremos nos referindo a ele dessa forma, e nada impede que você faça o mesmo. Porém, é importante saber que, oficialmente, uma moto 50 cc não é reconhecida como motocicleta, sendo que essa última tem um número de cilindradas mais elevado.

O CTB (Código de Tânsito Brasileiro) a define como um veículo ciclomotor, por conta da sua quantidade de cilindradas (50) e a velocidade máxima atingida (50 km/h). E é justamente por conta desses números, também, que surgiu o apelido “cinquentinha”, que diz respeito a esse veículo e perdura até hoje.

Em resumo, tanto “cinquentinha”, quanto “moto de 50 cc” e “moto de 50 cilindradas” dizem respeito à mesma coisa, sendo “cc” a sigla para centímetros cúbicos.

Agora, voltando à questão da velocidade:

De fato, de início as cinquentinhas eram reconhecidas por atingir no máximo 50 km/h. Mas, atualmente, já existem modelos que ultrapassam esse número, a exemplo dos que seguem abaixo:

MotoVelocidade Máxima

Shineray JET 50

70 km/h

Yamaha Zuma 50

72 km/h

Peugeot Speedfight

65 km/h

Note, porém, que o desempenho de veículo dependerá não só do seu motor, mas também do peso que ele carrega. Quanto mais pesada estiver, menor desempenho uma moto de 50 cilindradas terá.

Precisa de habilitação para motos de 50 cilindradas?

Se você tem real interesse nas motos de 50 cilindradas, provavelmente já ouviu, ao menos uma vez, alguém dizer que não é preciso ter habilitação para dirigi-las.

Bem... Isso é verdade, mas somente em partes.

Até o ano de 2016, realmente não era obrigatório ter nenhum tipo de documento, ligado ao motorista, para pilotar uma cinquentinha. Porém, desde esse mesmo ano as determinações dos órgãos oficiais de trânsito mudaram e, agora, é sim obrigatório ter habilitação.

Mas saiba que essa habilitação não precisa ser a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) propriamente dita: por se tratar de um ciclomotor, e não de uma motocicleta, é suficiente que o motorista porte a chamada Autorização para Conduzir Ciclomotor (ACC) sempre que sair de casa sobre duas rodas.

Estude o que é mais vantajoso para você, em termos de habilitação

Ao buscarem obter um documento que permita a condução de uma moto de 50 cilindradas, é comum que muitas pessoas optem diretamente pena CNH, mesmo que ela não seja obrigatória.

Isso por que o processo necessário para obter a autorização acima citada é similar ao processo necessário para obter a CNH, com a única diferença de o primeiro ser mais rápido, por conter um número menor de aulas. Os preços nos dois casos, porém, são praticamente os mesmos.

Obviamente, cada caso é um caso, mas estude com calma o que seria melhor para o seu contexto.

Considerando a questão financeira, se torna realmente mais vantajoso optar pela CNH. Além, claro, do fato de que ela, na categoria certa, permite a condução de qualquer tipo de veículo de duas rodas.

Ou seja: escolhendo diretamente a Carteira Nacional de Habilitação, a pessoa que tem uma cinquentinha e decide comprar um veículo de outro modelo, com mais cilindradas, não terá que se preocupar em investir nova quantia para obter a habilitação correta, uma vez que tem somente a ACC.

Afinal, já terá em mãos um documento mais abrangente.

Antes de tomar sua decisão, coloque na ponta do lápis o quanto terá que investir nos dois casos, e quanto tempo tem disponível para conseguir se habilitar.

Caso tenha pouco tempo e precise do documento o mais rápido possível, escolha a ACC e, depois, quando possível, mude para a CNH. Já se tiver mais tempo disponível, e sabendo que os preços são bem similares, escolha ter sua carteira, obtendo também a liberdade para pilotar diversas motocicletas, e não só os ciclomotores.

Uma moto desse tipo precisa estar regularizada

Agora que você já sabe que é, sim, obrigatório o porte de algum tipo de habilitação (ACC ou CNH) para andar com uma moto de 50 cc, é hora de saber que, assim como os demais tipos de moto, uma cinquentinha também precisa seguir alguns critérios, a fim de estar regularizada junto aos órgãos competentes.

O que inclui:

  • Ter RENAVAM;
  • Ser devidamente emplacada;
  • Pagar o Imposto Sobre a Propriedade de Veículo Automotor (IPVA);
  • Estar com o licenciamento em dia.

Isso sem citarmos o fato de que, se tratando de um veículo automotor, também existe a obrigatoriedade de que o motorista utilize capacete e respeite as regras de trânsito. Caso contrário, a aplicação de multas e pontos na CNH também ocorre normalmente.

A boa notícia é que, estando sob as obrigatoriedades impostas pelo Detran, as motos 50 cc também estão sob um dos principais direitos previstos por lei, que é aquele ligado ao seguro obrigatório DPVAT (Danos Pessoais por Veículos Automotores Terrestres).

Em resumo: o proprietário desse ciclomotor também precisa pagar o seguro, e se mantém sob sua proteção como qualquer outro cidadão que se envolva em um acidente causado por veículos automotores.

Aliás...

No que diz respeito especificamente ao tema seguros , no decorrer desse conteúdo você terá mais informações úteis.

Não deixe de ler até o final.

Quanto custa uma moto de 50 cilindradas?

As motos de 50 cilindradas foram pensadas com foco na praticidade, e para facilitar a rotina de quem circula por grandes centros, nos quais o tráfego tende a ser mais lento, por exemplo. Elas foram pensadas, também, para serem mais econômicas.

E, de fato, as motos desse tipo custam bem menos, quando comparadas às motocicletas mais potentes.

Porém, mesmo no que diz respeito a esses modelos mais simples, é interessante fazer uma boa pesquisa para escolher aquela cinquentinha que mais atende suas necessidades no momento. Isso por que, mesmo se tratando desses modelos, especificamente, os preços também podem variar bastante.

Veja um exemplo considerando algumas motos de 50 cc novas e semi novas encontradas no Mercado Livre em abril/2022 e listadas abaixo:

Marca e ModeloPreço

Yamaha 50 cc Jog Teen

R$10.000,00 (usada)

Drop Gorilla 50 cc

R$15.000,00 (usada)

Dafra Zig 50 cc

R$5.500,00 (usada)

Shineray Phoenix 50 cc

R$7.190,00 (nova)

Shineray Jet 50 cc

R$8.690,00 (nova)

Existe, sim, seguro para motos de 50 cc

Viu como os preços das motos de cinquenta cilindradas variam, a depender do tempo de uso e da marca e modelo escolhido?

E, independentemente de qual você escolha comprar, é importante lembrar que, mesmo pagando o seguro obrigatório DPVAT, vale a pena contar com um seguro particular, que te dê a segurança que você busca e precisa para rodar tranquilamente.

Acontece que, como seu próprio nome deixa a entender, o seguro DPVAT se restringe especificamente aos danos pessoais, tendo esses que estar ligados a um acidente causado por veículo automotor. Ou seja: em um acidente, os danos causados ao veículo propriamente dito, por exemplo, não são cobertos.

Cabe ao proprietário arcar com todo e qualquer custo ligado ao seu reparo.

E, estando ligado especificamente à finalidade acima, o DPVAT obviamente não oferece cobertura contra roubo e furto, incêndio e danos por causas naturais, entre outros, que podem atingir sua cinquentinha.

Então, se você realmente quer cuidar da sua moto, e do seu bolso, vale a pena contratar um dos seguros que cobrem esse ciclomotor, de modo a protegê-lo de verdade. Além disso, fazendo essa contratação particular você poderá contar, também, com os serviços extras oferecidos pela maioria das seguradoras.

Serviços esses que incluem:

  • Guincho;
  • Chaveiro;
  • Socorro mecânico / assistência 24 horas;
  • Cobertura para acessórios.

A contratação de um seguro de moto que seja a sua cara, e da sua cinquentinha, pode ser muito mais fácil, rápida e econômica do que você imagina.

Retornaremos a esse assunto logo mais.

Vantagens e desvantagens das motos de 50 cc

Por fim, para você realmente ficar por dentro de tudo que envolve uma moto de 50 cilindradas com a ajuda desse guia, é preciso que conheça as desvantagens desse tipo de moto.

Então, resumimos algumas dessas vantagens e desvantagens para você:

Prós

Economia de dinheiro

Você não apenas poderá navegar pelo tráfego na sua cinquentinha, diminuindo o tempo total de viagem e usando menos combustível, como o km/litro é muito maior em duas rodas em comparação com quatro rodas. Isso significa que você precisará de menos combustível para se locomover, então gastará menos com o mesmo.

Além do combustível, comprar e manter uma moto de 50cc sai muito mais barato do que uma moto mais potente e é incomparável com um carro. Os custos com documentação, manutenção e seguro são muito menores.

Contras

Os locais nos quais a moto pode rodar

Via de regra, e considerando que os ciclomotores conhecidos como cinquentinha atingem, em média, uma velocidade máxima de 50 km/h, não é permitido que eles circulem em vias de trânsito rápido.

Por lei, é proibido andar em velocidade que seja inferior a 50% da velocidade máxima da via em si. Logo, esse tipo de moto não pode andar em locais cuja velocidade máxima seja de 120 km/h ou mesmo 100 km/h.

Prós

Conveniência

As motos de 50 cc são incrivelmente convenientes de pilotar, devido ao modo como foram construídas. A facilidade de pilotagem torna confortável para ser usado por quase todas as pessoas. Além disso, pela natureza ágil e leve de um ciclomotor, o manuseio será super fácil para você, permitindo a locomoção em um dia com trânsito com mais facilidade. Lembrando também que há a possibilidade de dirigir portando uma Autorização para Conduzir Ciclomotor, que pode ser obtida em menor tempo do que a Carteira Nacional de Habilitação.

Contras

O peso que a cinquentinha suporta

Uma moto de 50 cilindradas não é robusta e, por isso, não aguenta muito peso sobre ela, como as motocicletas mais potentes aguentam.

O mais comum é que as cinquentinhas suportem até 150 quilos, mas nem sempre chegam a tanto. Muitas são preparadas para suportar até 90 quilos. E você se lembra do que citamos anteriormente, sobre essa moto ficar com desempenho reduzido, de acordo com o peso que carrega? A depender do peso do condutor, caso queira máximo desempenho de sua futura moto, talvez seja melhor optar realmente por uma motocicleta mais potente. Inclusive se, mesmo de vez em quando, for transportar alguém na garupa.

E por falar em seguros...

Você sabia que, mesmo optando por uma moto de 50 cilindradas, você não precisa sair de casa, fazer diversas pesquisas na internet ou mesmo fazer várias ligações para encontrar uma seguradora que te atenda da forma como você espera?

A Luna foi criada justamente para te ajudar nessa tarefa, deixando tudo mais fácil e rápido, sem burocracias!

O processo para cotar e contratar o seguro de sua moto de 50 cc, ou mesmo qualquer outra que você venha a ter, não poderia ser mais simples:

Primeiro, visite o site Luna.ac. Em seguida, forneça algumas informações que são solicitadas (prometemos que são poucas, somente aquelas importantes para a cotação) e, sem seguida, já verá surgir em sua tela diversas opções de seguradora e, claro, de seguro moto.

Depois, é só escolher aquela opção que mais combina com o que você busca no momento, e pronto: já poderá ficar com a consciência tranquila, tendo a certeza de que fez a melhor escolha para o seu contexto e para o seu bolso.

Existem, claro, os próximos passos, como a vistoria e a obtenção da apólice. Mas até eles foram pensados para que você tenha o menor trabalho possível: a vistoria pode ser feita online, e a apólice chega diretamente em seu e-mail.

O suporte, por sua vez, é outra incrível vantagem que a Luna oferece: mesmo a parte burocrática, em casos de sinistro, pode ficar por nossa conta!

Conte com a gente para manter sua moto de 50 cc em segurança. Acesse Luna.ac para cotar seu seguro e, se ficar com dúvidas, converse com um dos nossos especialistas em seguro moto utilizando o chat no canto inferior da tela.

Seja o primeiro a saber!

Quer receber nossos posts? Deixe seu email abaixo e fique por dentro de tudo!

Navegue pelas categorias: motos

Pronto para começar? Vamos fazer uma cotação!

Na Luna, simplificamos o processo de compra do seguro para carros e motos para que você tenha a cobertura que precisa, de forma rápida e fácil!

Continue Lendo