Horário rodízio em SP
Voltar

Horário de rodízio em SP: 7 coisas que você precisa saber sobre o assunto

O horário de rodízio em SP existe desde 1997, mas, ainda hoje, desperta muitas dúvidas em quem precisa dirigir na cidade.

Um morador que acabou de comprar um carro para trabalhar, por exemplo, ou mesmo um turista que quer fazer seus passeios com mais autonomia, são alguns dos perfis de pessoas que podem sentir a necessidade de descobrir um pouco mais sobre o assunto, a fim de dirigir com mais tranquilidade.

E, se esse também é o seu caso, saiba que, na leitura a seguir, listamos todas as principais coisas que você precisa saber sobre o rodízio de veículos em São Paulo.

Faça a leitura até o final e programe-se para dirigir sem medo de estar infringindo alguma lei.

7 coisas para saber sobre o horário de rodízio em SP

O rodízio é uma alternativa inteligente que passou a ser utilizada como forma de reduzir o tráfego intenso na cidade.

Em outros países, a redução da emissão de gases poluentes também foi um motivo que levou à adoção desse modelo. Na capital paulista, porém, o maior controle do número de veículos na rua foi um fator decisivo: afinal a cidade, claramente, tem mais veículos em circulação do que poderia ter, o que costuma causar imenso transtorno.

Mas, quais seriam as principais características que definem o horário de rodízio em SP?

Confira abaixo:

1. São Paulo é a única cidade do Brasil que conta com esse rodízio

Muito se houve falar sobre o rodízio de veículos em SP, e não em outras cidades brasileiras.

Talvez você já tenha percebido isso, e a explicação é muito simples: ocorre que, no que diz respeito ao Brasil, São Paulo é a única cidade que conta com rodízio.

2. O rodízio não funciona em toda a cidade

O foco do rodízio é funcionar nas áreas da cidade que ficam mais sobrecarregadas em determinados horários, como as vias de acesso ao centro expandido.

Sendo assim, a restrição está ligada ao chamado Mini Anel Viário, que inclui a Avenida dos Bandeirantes, o Viaduto Grande São Paulo, entre outras vias de igual importância, como trechos da Marginal Pinheiros.

Mas, atenção: para quem dirige veículos pesados, as restrições são maiores.

3. O rodízio não funciona o dia todo

Os “determinados horários” mencionados acima correspondem aos horários de pico, quando o tráfego na cidade fica ainda mais intenso.

Ou seja: o horário de rodízio em SP se mantem ativo das 07h às 10h e, depois, das 17h às 20h.

4. Não é somente nos feriados que ele deixa de funcionar

Via de regra, o rodízio de veículos na cidade de São Paulo funciona somente de segunda a sexta, exceto em feriados.

Mas, em alguns contextos, ele também poderá ser interrompido. É o caso, por exemplo, da época das festas de fim de ano, quando a cidade costuma ficar mais vazia e, consequentemente, com menos trânsito, não havendo a necessidade de ter um controle por parte da prefeitura.

5. O rodízio também é válido para veículos de outras cidades

Você não mora em São Paulo, mas vai visitar a cidade de carro?

Então, é realmente preciso se preocupar com o rodízio, pois ele também é válido para veículos registrados em outras cidades. O que significa que até mesmo os turistas estão sujeitos a ele.

6. Quem não respeita o horário de rodízio em SP está sujeito à multa

O rodízio na cidade de São Paulo é uma lei de trânsito e, como tal, deve ser respeitada.

Quem é pego dirigindo fora do horário permitido está cometendo uma infração média, o que corresponde a 4 pontos na CNH e R$130,16 de multa.

7. É possível, em alguns casos, pedir a isenção do rodízio

Essa isenção, porém, é destinada somente para veículos que sejam conduzidos por pessoas que possuam algumas doenças ou deficiências, ou para veículos que as transportem.

Ela deve ser obtida junto à Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), lembrando que o processo envolve o envio de documentos específicos.

Saiba em quais dias você pode dirigir na cidade

Agora que você já conhece todas as informações importantes sobre o rodízio em SP e sabe em quais horários ele funciona, é hora de saber quando, exatamente, poderá dirigir sem preocupações pelo centro expandido da cidade.

E a boa notícia é que será preciso se preocupar somente durante um dia na semana.

Entenda melhor na lista a seguir:

  • Veículos com placas final 1 e 2 não podem circular às segundas;
  • Veículos com placas final 3 e 4 não podem circular às terças;
  • Veículos com placas final 5 e 6 não podem circular às quartas;
  • Veículos com placas final 7 e 8 não podem circular às quintas;
  • Veículos com placas final 9 e 0 não podem circular às sextas.

Lembrando que, no dia do rodízio do seu veículo, você poderá circular normalmente com ele, desde que não seja das 07h às 10h, e nem das 17h às 20h.

Ainda tem dúvidas sobre o horário de rodízio em SP?

Visite o site da CET e encontre todas as informações de que precisa.

Obtenha mais informações para dirigir sem medo

Poder dirigir sem medo de estar infringindo alguma lei ou estar com algum débito veicular faz total diferença, não é mesmo?

E é justamente pensando em te ajudar que disponibilizamos, no blog da Luna, muitos outros conteúdos que te ajudarão a ter mais tranquilidade no seu dia a dia como motorista.

Conheça alguns deles abaixo:

E não esqueça: segurança nunca é demais!

Por isso, não deixe de considerar a contratação de um bom seguro, seja para o seu carro ou para a sua moto, pois só com ele poderá de fato andar sabendo que terá o apoio de que precisar em casos de acidentes, roubos ou qualquer outro tipo de dano que venha a sofrer.

Acesse o site Luna.ac agora mesmo e descubra como essa contratação pode ser mais simples (e barata) do que você imagina.

Seja o primeiro a saber!

Quer receber nossos posts? Deixe seu email abaixo e fique por dentro de tudo!

Navegue pelas categorias: guias-e-dicas

Pronto para começar? Vamos fazer uma cotação!

Na Luna, simplificamos o processo de compra do seguro para carros e motos para que você tenha a cobertura que precisa, de forma rápida e fácil!