motos que não precisam de habilitação
Voltar

Top 6 motos que não precisam de habilitação

Saber quais são as motos que não precisam de habilitação em 2022 não deixa de ser uma iniciativa importante. Afinal, ao descobrir quais modelos se encaixam nesse contexto, qualquer pessoa pode escolher seu preferido e, com isso, economizar em relação a obter uma Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

Mas, será que essa linha de pensamento realmente está correta?

Bem... Como já mencionamos em outros conteúdos do blog da Luna, o quesito economia não deve ser, necessariamente, o principal a ser levado em consideração.

Isso porque, no que diz respeito a determinadas motos, a habilitação tradicional que conhecemos, a famosa CNH, realmente não é necessária. Mas isso não significa que você não precisará estar devidamente habilitado de outra forma.

Há, sim, a exigência de um outro tipo de habilitação: a Autorização para Condução de Ciclomotores (ACC).

Trata-se de um documento de porte igualmente obrigatório (assim como a Carteira Nacional de Habilitação), destinado a quem escolhe pilotar um determinado tipo de moto, sobre o qual falaremos daqui a pouco.

O que você precisa saber, porém, é que a obtenção de tal documento não é gratuita! Para tê-lo em mãos, é imprescindível passar por um processo similar àquele exigido na hora de obter a CNH, incluindo aulas práticas e teóricas. E, claro: é imprescindível, também, pagar o valor cobrado para essa obtenção.

Valor que se aproxima muito do cobrado para a obtenção da CNH, fazendo com que, para muitos motoristas, a aquisição da Autorização para Condução de Ciclomotores não seja interessante, uma vez que ela permite literalmente que somente ciclomotores possam são conduzidos pelo motorista.

A CNH na categoria certa, por outro lado, custa praticamente a mesma coisa e permite dirigir qualquer tipo de veículo automotor de duas rodas.

Conseguiu perceber por que a economia, no que diz respeito ao documento do condutor, não deve ser o primeiro fator a ser considerado?

Agora, se você está pensando na economia de forma mais ampla, considerando os preços dos veículos em si, está indo por um bom caminho.

Vamos falar mais sobre isso?

O que saber sobre as motos que não precisam de habilitação

A primeira coisa que você precisa saber sobre as motos que não precisam de habilitação em 2022 (ou que teoricamente não precisam), portanto, é que não estamos falando literalmente de motocicletas, mas sim de veículos que são considerados ciclomotores pelo Código de Trânsito Brasileiro (CTB).

E esses veículos são as famosas cinquentinhas, que nada mais são do que um tipo de moto que possui 50 cilindradas e, teoricamente, atinge no máximo 50 km/h. Ao contrário das motocicletas propriamente ditas, que possuem no mínimo 150 cilindradas, em média, e atingem velocidades bem maiores.

Muitas scooters, apelidadas de bicicletas elétricas, também dispensam o uso de CNH e podem ser pilotadas somente com o porte da ACC. Mas, nesse ponto, vale a pena se atentar a um detalhe: mesmo com esse apelido, elas não deixam de ser scooters, o que significa que foram criadas para circular em vias de circulação de veículos, e não em ciclofaixas e ciclovias.

Tendo entendido tudo até aqui, que tal finalmente saber quais são alguns dos modelos de motos que estão sendo comercializados em 2022 e não precisam de habilitação?

Confira alguns exemplos abaixo!

Obs.: lembre-se que, mesmo utilizando a palavra “motos” nesse artigo, não estamos nos referindo às motocicletas propriamente ditas, mas sim aos ciclomotores e scooters que também recebem essa nomenclatura por parte dos motoristas.

Motos que não precisam de habilitação em 2022

Entre os modelos que podemos destacar estão:

  • Yamaha 50 cc Jog Teen;
  • Dafra Zig 50 cc;
  • Drop Gorilla 50 cc.

A marca de motos Shineray também se destaca, e muito, nesse mercado, disponibilizando modelos como:

  • Shineray Jet 50 cc;
  • Shineray Phoenix 50 cc;
  • Shineray Ray 50 Turbo.

São diferentes designs, para diferentes gostos, e o melhor: seja optando por comprar sua moto zerada, ou optando por uma versão seminova, você poderá contar com as facilidades do financiamento para tê-la em casa o quanto antes.

Essa modalidade de compra não é tão vantajosa quanto o consórcio ou quanto uma compra à vista, mas representa uma grande oportunidade de começar a rodar com seu veículo o mais rápido possível!

Quer entender melhor o que difere o financiamento do consórcio, e o que cada modalidade tem para te oferecer? Confira esse artigo dedicado ao assunto.

Já no que diz respeito às motos que não precisam de habilitação em 2022, especificamente, tenha em mente que também existe uma desvantagem: e essa desvantagem é o fato de que tais motos foram pensadas para quem precisa de uma alternativa prática e econômica para circular pelos grandes centros urbanos, por exemplo.

Em outras palavras:

São motos para trânsitos mais lentos, e que não são indicadas para quem utiliza muitas rodovias para se locomover ou gosta de fazer longas viagens sobre duas rodas. É inegável, porém, que essas são ótimas motos de entrada. Então, se você está pegando prática agora, pode começar por um dos modelos acima tranquilamente, e depois mudar para modelos mais potentes.

E por falar em motos mais potentes...

Você se lembra da Autorização para Condução de Ciclomotores (ACC), que citamos no início desse conteúdo?

Pois bem...

Se sua ideia é, um dia, chegar a ter uma moto mais potente, para poder ir a qualquer lugar sem se preocupar com desempenho, nossa dica é que ignore essa autorização e escolha já obter sua Carteira Nacional de Habilitação.

Como também mencionamos anteriormente, o processo para obter a ACC é similar ao processo para obter a CNH, inclusive no que diz respeito ao preço, e te dará permissão para andar somente com ciclomotores.

Ou seja: quando quiser partir para um veículo mais robusto, terá que investir uma nova quantia, para ter em mãos a habilitação tradicional, e isso significa ter que “gastar” duas vezes.

Escolha o caminho mais econômico, e que faz mais sentido a longo prazo.

O que mais você precisa saber

Por fim, independentemente do modelo de moto que não precisa de habilitação que você escolher, e independentemente de realmente ir direto para a CNH, ao invés de passar pela ACC antes, é muito importante que você saiba, também, que em breve terá um veículo de duas rodas para chamar de seu.

Veículo esse que está passível de causar acidentes e infringir regras como qualquer outro.

Logo, mesmo adquirindo um ciclomotor, não se esqueça de que as leis de trânsito existem para ser respeitadas também por você.

Jamais ultrapasse o sinal vermelho ou saia de casa sem capacete e demais acessórios necessários para dirigir, por exemplo, caso queira evitar multas.

Quanto à compra propriamente dita, não deixe de se atentar aos detalhes e se certificar de que estará fazendo um bom negócio, seja a moto nova ou não.

Veja alguns cuidados que você pode tomar:

Verifique reclamações e avaliações que a loja recebeu

Aliás: verifique, principalmente, as respostas que a loja deu para cada reclamação ou avaliação negativa que recebeu.

Assim, conseguirá saber se costumam “dar dor de cabeça” para os clientes, ou se são capazes de se prontificar a resolver problemas, caso esses surjam.

Peça uma avaliação de um mecânico de confiança

Seja fazendo uma compra particular, ou comprando direto do atual proprietário, não deixe de seguir essa etapa.

Confiar somente na palavra do vendedor, quando se trata de uma moto seminova, pode não ser uma boa ideia. E uma avaliação, mesmo que rápida, do seu mecânico te ajudará a ter mais segurança para fazer sua compra.

Tome cuidado para não cair em golpes virtuais

Muitas motos que não precisam de habilitação, como as que listamos aqui, são anunciadas diariamente na internet, e realmente parecem representar uma ótima oportunidade de compra.

Mas, quando se trata de comprar algo à distância, todo cuidado é pouco!

Ao conversar com o vendedor, adote todas as medidas para se certificar de que não estará caindo em um golpe.

Compra feita? Não se esqueça do seguro de sua moto!

Mesmo as motos que não precisam da habilitação tradicional, e sim da ACC, precisam estar devidamente seguras.

Portanto, assim que realizar sua compra, não deixe de dar o próximo passo e fazer a contratação de um bom seguro!

O seguro moto possui muito mais vantagens que um rastreador e até mesmo que uma proteção veicular, e é a garantia que você precisa ter em relação a ser amparado em caso de incidentes.

Incidentes esses que envolvem:

  • Roubo e furto;
  • Colisões;
  • Danos a terceiros;
  • Incidentes de causas naturais.

Já imaginou vivenciar um desses cenários com sua moto, e ter que lidar sozinho com as questões burocráticas e financeiras de qualquer dano?

A Luna existe justamente para te tranquilizar em relação a isso!

Após escolher o modelo de sua moto, e até mesmo antes de realizar a compra em si, visite Luna.ac para orçar seu seguro, sem compromisso. É só preencher o formulário que disponibilizamos e rapidamente surgirá em sua tela um comparativo com todas as coberturas, preços e condições das principais seguradoras de moto do país.

A partir daí, será fácil identificar o seguro que mais combina com você, com sua futura moto e com seu bolso.

Durante qualquer etapa do processo, se tiver dúvidas, estaremos no chat que consta no canto inferior da tela: é só nos chamar para obter ajuda.

E então, gostou de saber mais sobre as motos que não precisam de habilitação em 2022 e descobrir como se preparar para ter uma moto desse tipo em casa?

Para mais dicas e conteúdos, acesse sempre o blog da Luna.

Seja o primeiro a saber!

Quer receber nossos posts? Deixe seu email abaixo e fique por dentro de tudo!

Navegue pelas categorias: motos

Pronto para começar? Vamos fazer uma cotação!

Na Luna, simplificamos o processo de compra do seguro para carros e motos para que você tenha a cobertura que precisa, de forma rápida e fácil!